DIY – Machu Picchu Sem Segredos Para Sua Primeira Vez

Aqui está um guia detalhado "Do It Yourself" ou Faça Você Mesmo sobre como chegar a Machu Picchu, opções de transporte, acomodações e outras informações úteis, tudo sem depender de agências ou intermediários.

Machu Picchu no Peru, a antiga cidade inca situada nas montanhas dos Andes, é um destino de viagem fascinante para turistas de todo o mundo. Se você está planejando sua primeira visita a esta maravilha histórica, este guia DIY (Faça Você Mesmo) irá ajudá-lo a planejar sua aventura e garantir uma experiência memorável em Machu Picchu.

Viajar para o Peru é uma opção acessível, próxima e uma aventura extraordinária. No país, é possível descobrir relíquias da mais antiga civilização da América do Sul, desfrutar da deliciosa culinária local e mergulhar em uma rica história.

Planejamento:

Antes da partida para Machu Picchu, é importante fazer alguns preparativos básicos.

Passaporte:  Para visitar Machu Picchu, não é exigido passaporte ou visto de brasileiros que podem entrar no Peru apenas com a apresentação do Registro Nacional (RG). Embora o Peru não seja um membro pleno do Mercado Comum do Sul (Mercosul), não são necessários documentos especiais para entrar no país. Como país associado ao Mercosul, o Peru possui um acordo que permite a entrada de turistas sem exigências adicionais além das normativas do Mercosul. Providencie um passaporte válido e obtenha os vistos necessários para entrar no Peru, caso não seja brasileiro.

Câmbio: A moeda oficial do Peru é o Nuevo Sol, representada por S/, e equivale a um pouco mais do que o Real Brasileiro. O país não aceita o Real como forma de pagamento, então é essencial fazer o câmbio antes de iniciar a viagem. No entanto, as principais atrações turísticas aceitam o Dólar como forma de pagamento. Se preferir utilizar a moeda local, é possível trocar dólares no Brasil e adquirir a moeda peruana em uma das casas de câmbio no aeroporto de Lima.

Reserva de Tickets para Machu Picchu: Os ingressos para Machu Picchu costumam esgotar rapidamente, especialmente durante a alta temporada e a compra não pode mais ser realizada na entrada do parque. Portanto, reserve seus ingressos através dos sites oficiais do governo peruano machupicchu.gob.pe e tuboleto.cultura.pe, ou nas cidades de Cusco e Águas Calientes. Há também a opção de garantir antecipadamente os ingressos online para alguns passeios em Tiqets.com. Veja abaixo:

Seguro Viagem

Embora não seja obrigatório para entrar no país, é altamente recomendável contratar um seguro viagem, considerando especialmente a altitude de Machu Picchu em relação ao Brasil. Fica a 2.400 metros acima do nível do mar, o que pode causar desconforto, como tonturas e enjoos.

Outro motivo importante para adquirir um seguro viagem é a possibilidade de precisar de atendimento médico durante a viagem. Esses imprevistos podem resultar em despesas significativas se você não estiver coberto por um seguro. Com o seguro viagem, você terá assistência médica e odontológica durante a viagem, além de suporte jurídico em casos de extravio de bagagem ou cancelamento de voo.

No buscador abaixo, você tem a opção de solicitar uma cotação, comparando até quatro seguradoras diferentes, e escolher aquela que melhor atende às suas necessidades. Além disso, você terá acesso a um atendimento personalizado em português, disponível 24 horas por telefone, e-mail, chat e WhatsApp.

Permita-se Tempo Suficiente: Reserve tempo suficiente para explorar Machu Picchu. Recomenda-se passar pelo menos meio dia no local para realmente absorver a beleza e a história do lugar.

Treinamento Físico: Machu Picchu está localizado em uma área montanhosa, e a altitude pode afetar algumas pessoas. Faça exercícios leves antes da viagem para se preparar para as caminhadas e respeite seus limites ao explorar o local.

Quando ir a Machu Picchu:

Selecionar o momento ideal para a viagem é crucial, pois influencia diversas decisões no planejamento da jornada. Especialmente ao considerar Machu Picchu, é vital estar ciente da temporada de chuvas.

LEIA TAMBÉM:  Quais São os 100 lugares mais sagrados da Terra?

Embora seja um dos principais destinos da América do Sul, o parque arqueológico de Machu Picchu fecha durante o período chuvoso. Portanto, a melhor época para visitá-lo é entre os meses de abril e outubro.

Junho e julho são particularmente recomendados, pois apresentam menos chances de precipitação. Contudo, esses meses também marcam a alta temporada, resultando em uma cidade repleta de visitantes.

Como Chegar a Machu Picchu

Aguas Calientes é a cidade base para visitar Machu Picchu. Para chegar a Aguas Calientes de fora do país, você geralmente precisará primeiro chegar ao Peru, que é o país onde Machu Picchu está localizado. Aqui estão algumas alternativas comuns para acessar Águas Calientes vindo do exterior.

1. Voar para Lima no Peru e Para Cusco

O Peru possui vários aeroportos internacionais, sendo o Aeroporto Internacional Jorge Chávez em Lima o principal ponto de entrada para a maioria dos turistas estrangeiros.
De fora do país, você pode voar para Lima e, em seguida, pegar um voo doméstico para Cusco ou para a cidade de Ollantaytambo. Cusco é a opção mais comum, pois oferece mais voos e conexões.

Para economizar, uma sugestão é procurar por passagens aéreas para Lima e Cusco com antecedência e em dias alternativos. Dessa forma, você pode monitorar as flutuações de preço e fazer a compra mais vantajosa.

2. De Cusco para Aguas Calientes
Mapa o Roteiro a Machu Picchu >> Imagem de machupicchuingresso com
Clique Para Ampliar

Após chegar a Cusco, existem algumas opções para chegar a Aguas Calientes:

Trem de Cusco para Aguas Calientes

Você pode pegar um ônibus ou táxi do aeroporto de Cusco até a estação de trem em Poroy, ou Ollantaytambo e, em seguida, embarcar em um trem para Aguas Calientes. O tempo de viagem de Cusco para Aguas Calientes de trem é de aproximadamente 3 a 4 horas, dependendo do tipo de trem e da estação de partida.

Ônibus de Cusco para Ollantaytambo

Alternativamente, você pode pegar um ônibus de Cusco para a cidade de Ollantaytambo e, em seguida, pegar o trem para Aguas Calientes. Ollantaytambo está localizada a cerca de 2 horas de ônibus de Cusco e é uma parada conveniente no caminho para Machu Picchu.

Trekking

Se você estiver interessado em fazer uma das trilhas para Machu Picchu, como a Trilha Inca ou a Trilha de Salkantay, você pode começar sua jornada diretamente de Cusco. O tempo de viagem dependerá da duração e do tipo de trilha escolhida.

Certifique-se de reservar suas passagens de trem com antecedência, especialmente durante a alta temporada, pois os assentos podem se esgotar rapidamente.

3. De Aguas Calientes a Machu Picchu:
Ônibus

De Aguas Calientes, (também conhecida como Machu Picchu Pueblo), pegue um ônibus até a entrada de Machu Picchu. Os ônibus partem regularmente e levam cerca de 30 minutos para chegar ao topo.

Caminhada

Se preferir, você também pode fazer uma caminhada até Machu Picchu a partir de Aguas Calientes. A trilha é íngreme, mas oferece vistas incríveis do caminho até a cidadela.

As Trilhas Para Machu Picchu

Existem várias opções para chegar a Machu Picchu caminhando:

Trilha Inca
Trilha Inca - Peru >> Imagem de 	Michaellbrawn

Se você é aventureiro e gosta de caminhadas, considere fazer a Trilha Inca. Esta caminhada oferece vistas deslumbrantes e uma experiência única. A Trilha Inca clássica tem aproximadamente 42 km de extensão e leva entre 4 e 5 dias para ser concluída. Durante a caminhada, os viajantes passam por uma variedade de paisagens, incluindo montanhas nevadas, vales profundos e densas florestas tropicais.

O ponto de partida tradicional da Trilha Inca é em um local chamado km 82, perto da cidade de Ollantaytambo. A partir daqui, os caminhantes seguem um caminho antigo construído pelos incas, passando por importantes sítios arqueológicos ao longo do caminho.

LEIA TAMBÉM:  "La Via Delle Sorelle": A Empolgante Trilha do Norte da Itália

Durante a caminhada, os viajantes têm a oportunidade de explorar várias ruínas incas ao longo do caminho, como Llactapata, Runkurakay, Sayacmarca, Phuyupatamarca e Wiñay Wayna. A culminância da jornada é a chegada a Machu Picchu, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Os caminhantes chegam geralmente a Machu Picchu pela Porta do Sol, onde são recebidos com vistas deslumbrantes da cidade perdida dos incas.

Para fazer a Trilha Inca, os viajantes devem obter uma licença adquirida diretamente com o governo peruano através do site oficial ou pessoalmente em Cusco. As licenças são limitadas e devem ser reservadas com antecedência, especialmente durante a alta temporada.
Os viajantes também são obrigados a estar acompanhados por um guia turístico registrado durante toda a caminhada.

Trilha de Salkantay
Trilha de Salkantay - Peru >> Imagem de PeruHop com

Outra opção popular de trekking é a Trilha de Salkantay, que leva você por paisagens deslumbrantes antes de chegar a Machu Picchu. Começa na cidade de Mollepata, localizada na região de Cusco, no Peru e serve como ponto de partida para uma emocionante jornada através das majestosas montanhas dos Andes peruanos,  oferecendo uma alternativa desafiadora e pitoresca para a Trilha Inca clássica.

Para chegar a Mollepata, os viajantes podem pegar um ônibus ou van de Cusco. A viagem de ônibus geralmente leva cerca de 3 a 4 horas, dependendo das condições da estrada e do tráfego. Uma vez em Mollepata, os caminhantes começam sua aventura na Trilha de Salkantay, que os levará por paisagens deslumbrantes, vales profundos, rios sinuosos e passagens montanhosas até o destino em Aguas Calientes, a cidade base para Machu Picchu.

Assim como na Trilha Inca, os caminhantes precisam de uma licença para realizar a Trilha de Salkantay. É possível comprar as licenças diretamente nos pontos de partida da trilha, como Mollepata. No entanto, é importante verificar os requisitos específicos para cada ponto de partida e garantir que todas as permissões necessárias sejam obtidas.

Enquanto a Trilha Inca exige a presença de um guia turístico, na Trilha de Salkantay, é possível caminhar de forma independente, embora muitas pessoas optem por contratar guias para enriquecer a experiência com informações locais e dicas.

Acomodações em Aguas Calientes:

Aguas Calientes oferece uma variedade de opções de hospedagem para todos os orçamentos. Aqui estão algumas sugestões:

  • Hostels e Pousadas: Existem várias opções econômicas de hostels e poiusadas em Aguas Calientes, ideais para viajantes com orçamento limitado.
  • Hotéis: Também há hotéis de diferentes categorias em Aguas Calientes, desde opções mais simples até hotéis de luxo. Pesquise e reserve com antecedência para garantir a disponibilidade.

Explorando Machu Picchu

Ao chegar a Machu Picchu, prepare-se para uma experiência inesquecível, pois você será recebido por uma das maravilhas arquitetônicas mais impressionantes do mundo antigo.

“Machu Picchu” é uma expressão em quéchua, a língua dos incas, que significa “Montanha Velha” ou “Montanha Antiga”. Essa denominação é apropriada, considerando que Machu Picchu está situada no topo de uma montanha, rodeada por outras montanhas igualmente antigas, na região dos Andes peruanos. O nome reflete a antiga e sagrada natureza deste local arqueológico, que era considerado um importante centro cerimonial e urbano pela civilização inca.

Comece sua jornada explorando a cidadela de Machu Picchu. Explore os templos, terraços e edifícios enquanto absorve a atmosfera mágica do local.

Mapa de Machu Picchu >> Imagem de travel1tours com
Clique Para Ampliar

As opções são vastas e variadas, permitindo que os viajantes mergulhem na rica história e na beleza natural do local. Entre as principais atividades estão a visita guiada pelas ruínas, onde guias locais oferecem percepções sobre a história e a cultura dos incas, destacando pontos de interesse como o Templo do Sol, o Templo das Três Janelas, a Pedra Intihuatana, a Rocha Sagrada, o Templo do Condor, as Fontes Rituais, o Palácio da Princesa e a Praça Principal.

LEIA TAMBÉM:  RENTCARS O Carro da Viagem de Final de Ano Pelo MELHOR PREÇO

Se você estiver se sentindo com energia, considere caminhar até o topo da Montanha Huayna Picchu ou da Montanha Machu Picchu para vistas panorâmicas deslumbrantes da cidade e dos picos circundantes. A simples contemplação da grandiosidade de Machu Picchu enquanto absorvem a atmosfera mística do local também é uma experiência profundamente gratificante para muitos viajantes.

Guia Local: Contratar um guia local pode enriquecer sua visita, fornecendo informações detalhadas sobre a história e a cultura de Machu Picchu.

Ingressos: Lembre-se de que os ingressos para essas subidas precisam ser reservados com antecedência.

Dicas Úteis

Altitude: É essencial ter em mente que a altitude no Peru difere da do Brasil, o que pode dificultar a respiração. Mantenha a calma e faça a caminhada no seu próprio ritmo. Como é um destino muito turístico, há guias especializados disponíveis para oferecer todo o suporte necessário durante o trajeto.

Vestuário: Certifique-se de trazer roupas confortáveis e adequadas para caminhadas, incluindo um agasalho, pois o clima pode variar em Machu Picchu. Não se esqueça de um chapéu, protetor solar, repelente de insetos e uma garrafa de água reutilizável.

Água e Alimentação: Traga água e lanches leves para comer durante o dia, já que há poucas opções de alimentação dentro de Machu Picchu e os preços podem ser altos. Mantenha-se hidratado e alimentado.

Horários: Chegue cedo para evitar as multidões e aproveitar melhor sua visita. Machu Picchu costuma ser mais tranquila nas primeiras horas da manhã e no final da tarde.

Protetor Solar e Chapéu: O sol pode ser forte em Machu Picchu, então não se esqueça do protetor solar e de um chapéu para se proteger.

Câmera Fotográfica: Machu Picchu oferece cenários espetaculares para fotografias, então não se esqueça da sua câmera para capturar momentos inesquecíveis.

Respeite o Local: Machu Picchu é um Patrimônio Mundial da UNESCO e um local sagrado para os povos indígenas. Respeite o local, não deixe lixo e siga as instruções dos guardas e guias locais.

Machu Picchu é verdadeiramente um destino que cativa e inspira os viajantes com sua majestade e mistério. Ao chegar a este enclave arqueológico excepcionalmente preservado, os visitantes são transportados para uma era passada, onde a grandiosidade da civilização inca é revelada em cada pedra talhada e estrutura meticulosamente construída.

As experiências ao explorar Machu Picchu são tão variadas quanto os próprios visitantes, desde caminhadas pelas trilhas sinuosas até as montanhas circundantes até a contemplação tranquila das ruínas antigas. Independentemente das atividades escolhidas, a sensação de maravilha e admiração ao testemunhar essa maravilha do mundo antigo é verdadeiramente indescritível.

Machu Picchu permanece não apenas como um testemunho da engenhosidade humana, mas também como um lembrete do poder duradouro da natureza e da cultura para inspirar e intrigar gerações.

Seguindo este guia detalhado, você estará bem preparado para uma experiência inesquecível em Machu Picchu, sem depender de agências ou intermediários. Aproveite sua viagem e aproveite cada momento nesta incrível maravilha do mundo antigo!

NÃO PERCA AS OFERTAS E DESCONTOS!

Seja o primeiro a saber quando novas OFERTAS e DESCONTOS forem publicados.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

Compartilhar

Neste artigo, você encontrará links de parceiros afiliados. Isso significa que, caso você adquira um produto ou serviço por meio desses links, o site receberá uma comissão dos parceiros mencionados.
Esta é uma relação benéfica para todos os envolvidos: a empresa parceira alcança um público mais amplo, o produtor de conteúdo continua compartilhando seus artigos sem custos diretos e você continua tendo acesso a conteúdo de qualidade de forma gratuita.
Obrigado por apoiar nosso trabalho ao utilizar esses links.

Mais promoções e roteiros no BLOG
Assine gratuitamente a NEWSLETTER e receba as dicas, ofertas e descontos diretamente no seu E-mail.
Rolar para cima